Dores Faciais & Problemas na ATM: Estalos, Bruxismo e outros

Dores Faciais & Problemas na ATM: Estalos, Bruxismo e outros

ATM significa Articulação têmporo-mandibular. Ela é a articulação que permite o movimento de abrir e fechar a boca, engolir, falar. Existem duas ATMs: uma do lado direito e outra do lado esquerdo, em frente a cada ouvido. Cada vez que se fala, mastiga ou deglute, a ATM se movimenta.

Observe o movimento ao abrir a boca, você está usando suas articulações. Ponha seus dedos à frente do ouvido, abra e feche a boca, ou fale: você sentirá o movimento da ATM.

O disco articular é um tecido similar ao menisco do joelho. O disco fica dentro da articulação (em azul) e serve como um amortecedor, entre os ossos do crânio e da mandíbula (côndilo).

O que é ” DTM ” (disfunção têmporo-mandibular)?
É a alteração da ATM, ou seja, é o funcionamento anormal desta articulação, dos músculos da mastigação, ligamentos e ossos maxilar-mandíbula, dentes e estruturas de suporte dentário.

A DTM (Desordem Têmporo-mandibular) também é chamada de Disfunção de ATM, Síndrome da Dor Miofascial ou Síndrome de Costen.

As DTMs podem manifestar-se através de um estalo (click) na articulação, desconforto moderado na frente do ouvido, dor de cabeça, dor de ouvido e/ou zumbidos, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, ruídos articulares (estalos ou crepitação), dificuldade para abrir a boca ou dor acentuada.

Por quê os problemas de ATM podem causar dor de cabeça?

As dores de cabeça provenientes das alterações da ATM, em geral são dores musculares, dores nos músculos que envolvem a cabeça. Estas dorem musculares na região da cabeça e do pescoço podem ser causadas por posições erradas de postura, má-oclusão (mordida errada), apertamento e/ou ranger de dentes, estresse.

Agende sua consulta: 43 3252-1086

Por quê os problemas de ATM podem causar dor de ouvido?

A proximidade entre a articulação e o ouvido pode ocasionalmente confundir o paciente sobre o local de origem da dor. Na realidade, a dor de ouvido é diferente da dor de ATM.
Como diagnóstico diferencial, as disfunções da ATM não manifestam febre, não eliminam secreção pelos ouvidos e não são acompanhadas por quadros infecciosos das vias aéreas superiores.

Existe relação entre dentes e ATM?

Sim. A mordida errada (má-oclusão) é uma das causas mais comuns de alterações na ATM.

Causas mais freqüentes das alterações na ATM

Má-oclusão (“mordida errada”)
Há vários tipos de má-oclusão e o ortodontista poderá fazer o diagnóstico correto sobre a oclusão. Os indivíduos que apresentam algum tipo de má-oclusão têm predisposição para problemas de ATM.

Traumatismos (batida forte, acidentes)

De acordo com estatística publicada no Journal of the American Dental Association, os traumatismos (pancadas) são responsáveis por mais de 44% dos problemas de ATM. (JADA 1990; 120:267)

Agende sua consulta: 43 3252-1086

Hábitos

Alguns hábitos podem causar pressões inadequadas na ATM, como o bruxismo Ranger os dentes), apertamento (tensão), morder objetos estranhos, roer unhas, mastigar chicletes. A persistência destes microtraumatismos leva a lesões degenerativas da articulação.

Aceleração/desaceleração cervical (Whiplash)

Freqüentemente relacionado a acidentes de carro (geralmente em batidas por trás), o brusco movimento da cabeça causa estiramento e compressão dos componentes da ATM, podendo danificá-la.

Abertura excessiva da boca

Todas as articulações do corpo têm limitações de movimento. Quando a boca é mantida aberta de modo exagerado, poderá haver danos à articulação.

Lassidão Ligamentar

Algumas pessoas possuem todos os ligamentos das articulações relativamento frouxos, com hipermobilidade (provavelmente por questões genéticas). A lassidão ligamentar em sí não apresenta problema; no entanto, sua associação com outros fatores predisponentes pode levar a alterações na ATM.

A disfunção da ATM também pode estar relacionada a:
alterações sistêmicas (atrite reumatóide, etc)
postura errada
estresse físico e psicológico
alterações hormonais (por exemplo: menopausa)
depressão e ansiedade

Qual a prevalência das alterações de ATM na população?

Estudos epidemiológicos mostram que cerca de 75% das pessoas apresentam pelo menos um sinal de DTM e que 33% apresentam dor na face ou dor articular.

No Brasil, estima-se que 8 milhões de indivíduos tenham algum grau de DTM e destes, 90% são mulheres, ou seja, para cada homem com problema articular, há 9 mulheres. Tenta-se explicar esta alta incidência devido ao fato da mulher estar exposta ao estresse emocional, às mudanças hormonais durante o ciclo menstrual e durante a gravidez.

A idade mais acometida é em torno dos 30 anos. Os sinais e sintomas da alteração da ATM aumentam de freqüência e severidade entre os 20 e 40 anos de idade. A maior parte da população de 3.420 indivíduos com DTM tinham idade entre 15 e 45 anos (média de 32,9 anos). (Howard,1990)

Apenas 5% da população tem buscado algum tipo de tratamento para o seu problema, talvez pela falta de profissionais habilitados ou devido ao diagnóstico errado.

Os sintomas mais comuns são:

dor facial
dor no pescoço, ombros e/ou costas
dor nas articulações ou na face, ao abrir ou fechar a boca (mastigar, bocejar)
enxaquecas (tipo tensão)
inchaço ao lado da boca e/ou face
mordida “fora de lugar” ou instável
desvio da mandíbula para um lado
ruídos na articulação, dor de ouvido
Surdez momentânea, zumbido

 Agende sua consulta: 43 3252-1086

Fonte: Site Ortodontia Dra Luciana Belomo Yamaguchi